A história da tarte tatin

A história da tarte Tatin é fascinante e cheia de reviravoltas. Vocês sabem de onde veio a deliciosa torta de maçã tipicamente francesa?

O que é a tarte Tatin

A tarte Tatin (pronunciada tárte tátãn) ganhou seu nome em homenagem ao hotel onde a receita foi desenvolvida e servida como carro-chefe. É uma torta de maçã em que as frutas são caramelizadas em manteiga e açúcar antes de ser assada. A massa pode ser tradicional ou folheada.

A História da tarte Tatin

Nos idos de 1880, as irmãs Stephanie e Caroline Tatin eram as donas e gestoras do Hotel Tatin, em Lamotte-Beuvron – uma cidadezinha que fica a 160km ao sul de Paris e hoje tem cerca de cinco mil habitantes.

Dizem que, um dia, Stephanie estava a meio caminho do preparo de uma torta quando percebeu que pulou um passo da receita: esqueceu de colocar a massa na forma. Não querendo desperdiçar as maçãs ou o trabalho já feito, ela recorreu a um ímpeto de criatividade e colocou a massa por cima das frutas, na esperança de que desse certo. Assou-a assim mesmo. E foi assim que criou a torta de maçã invertida das demoiselles Tatin – ou, a tarte Tatin, como conhecemos hoje.

a história da tarte tatin

Wikimedia Commons

A história é fantástica: tem um enredo cativante, um deslize a ser superado, uma heroína que salva o dia. Mas, como toda lenda, deve ser ingerida com um grão de sal. Há livros e sites dedicados ao assunto que sugerem que a região no entorno do hotel das irmãs já era conhecida por suas tortas de frutas de cabeça para baixo. Eram chamadas de tarte solognote. Mas para fazer jus às irmãs, não foram elas que deram o seu nome à tarte Tatin. Isso aconteceu quando Curnonsky, um crítico gastronômico famoso, visitou o hotel muito depois do falecimento de Stephanie e Caroline, e escreveu sobre a sobremesa servida por lá.

Leia também: A pâtisserie mais antiga de Paris

Não para por aí…

Ainda mais tarde, um outro elemento aparece na história. O dono do restaurante Maxim’s disse que se infiltrou na cozinha das irmãs disfarçado de jardineiro e roubou a receita secreta. É mais uma bela história, até descobrirmos que o chef tinha apenas três anos de idade quando as duas aposentaram seus aventais. De qualquer forma, ele colocou a tarte Tatin no menu do Maxim’s, contando sua fábula para todos que estavam dispostos a ouvir.

Isso diz mais sobre nós do que sobre a história da tarte Tatin. Fato é, nós gostamos mais de uma boa história com começo, meio e fim do que a simples realidade: as irmãs Tatin aperfeiçoaram uma receita popular e a transformaram em carro-chefe da casa.

Foto em destaque: The Indexe
Share: